Cinco bandas emo que você gostava em 2000… mas nunca vai admitir

the-calling-wherever-you-will-goAh o ano 2000, uma época muito boa em minha vida, tempos bons de MTV, clipes, fitas gravadas em K7, nada de Spotify não meu filho. Época também que ficou marcada pelo o movimento “emo”, galera melancólica, franja caindo no olho, roupas pretas e algumas bandas que diziam representar esse movimento surgiram aos montes.

E os rockeiros, que amam criticar outras vertentes, caíram matando em cima, óbvio! Mas bem que naquele fone de ouvido, longe de todo mundo, bem em segredo mesmo, você rockeiro trevoso, chupador de sangue, curtia pelo menos uma das canções dessas cinco bandas que vou citar logo abaixo.

Confira e por favor, não fique vermelho, solte o emo que tem dentro de você!

Simple Plan 

simple plan

Formado em 1999 os canadenses do Simple Plan foram um dos mais criticados entre todos dessa mini lista. Os caras têm cinco álbuns lançados sendo eles: “No Pads, No Helmets… Just Balls” (2002), “Still Not Getting Any… (2004)”, “Simple Plan (2008)”, “Get Your Heart On! (2011)” e “Taking One For The Team” (2016).

A banda emplacou vários hits como Perfect, Welcome To My Life, Astronaut, Crazy, Shut UP entre alguns outros. Ela é formada por Pierre Bouvier (vocal), Jeff Stinco (guitarra), Chuck Comeau (bateria), Sebastien Lefebvre (guitarra) e David Desrosiers (baixista).

Há rumores que  o grupo vem ao Brasil para uma turnê já no início de 2018, mas nada foi oficialmente confirmado.

Yellow Card

Yellowcard

O Yellowcard, banda americana formada em 1997, contou com 10 álbuns lançados em sua trajetória, sendo o último “Yellowcard”, lançado em setembro de 2016. Dentre os principais singles podemos destacar: Ocean Avenue, Only One, presente no disco “Ocean Avenue” lançado em 2003, e Lights and Sounds, segunda faixa do quinto disco que leva o mesmo nome do single.

A banda encerrou suas atividades no dia 25 de março deste ano, no House Of Blues em Anaheim na Califórnia com a seguinte formação: Ryan Key (vocal e guitarra), Ryan Mendez  (guitarra), Sean Mackin (violino e vocal) e Josh Portman (baixo).

Good Charlotte 

good charlotte

Formado em 1996, o Good Charlotte lançou seu primeiro disco em 2000, o autointitulado “Good Charlotte”, e ainda chegaram a lançar “The Young And The Hopeless” de 2002, “The Chronicles Of Life And Death” de 2004, “Good Morning Revival” de 2007 e  “Cardiology” 2010. Seus principais single são: Just Wanna Live, Predictable, War e Hold On.

Atualmente a banda é formada por Joel Reuben Madden (vocal), Benjamin Levi Madden (guitarra), Billy Dean Martin (guitarra e teclado), Paul Anthony Thomas (baixo) e Dean Butterworth (bateria).

O Good Charlotte tinha entrado num hiato em setembro de 2011, mas em 2015 anunciaram sua volta e apresentaram um single inédito, Life Changes, que você confere aqui.

The Calling 

the calling+

“If I could, then I would. I’ll go wherever you will go. Way up high or down low, I’ll go wherever you will go”, duvido você que viveu os anos 2000, não cantou esse refrão querendo ou não, fica grudado na sua mente e não sai nem com reza brava.

The Calling foi uma banda americana formada em Los Angeles, Califórnia. Durou pouco tempo, de 2001 à 2004, lançando dois discos. O primeiro “Camino Palmero” de 2001, que tem sucessos com Wherever You Will Go, AdrienneCould It Be Any Harder e For You. O segundo álbum, “Two”, lançado em 2004, conta com sucessos como Things Will Go My Way Anything.

E depois de algum tempo e mudanças em sua formação, o The Calling entrou num hiato em 2005, quando os integrantes tomaram cada um seu rumo – o vocalista Alex Band até fez algumas turnês cantando sucessos deles – e até então, a banda tentou retornar em 2013, mas acabou definitivamente.

A última formação contava com Alex Band nos vocais e guitarra, Sean Kipe na guitarra, Jake Fehres no baixo e Art Pacheco na bateria.

My Chemical Romance

my chemical romance

Confesso que se tratando de My Chemical Romance… NUNCA CRITIQUEI! O primeiro contato com o grupo foi com a música Helena e de cara achei muito boa e outras que vieram gostei também. A banda teve Gerard Way (vocal), Mikey Way (baixo), Ray Toro (guitarra), Frank Iero (guitarra) sendo essa a última formação.

Formado em 2001 em Nova Jersey seu disco de estreia foi “Brought You My Bullets, You Brought Me Your Love”, de 2002. Mas o sucesso mesmo chegou com seu segundo álbum “Three Cheers for Sweet Revenge”, lançado em 2004. O registro têm hits como Helena, I’m Not Okay (I Promise) e The Ghost Of You.

Em 2006 eles lançaram o disco “The Black Parade” com hits como Welcome To The Black Parade, Teenagers e Famous Last Words. O último disco de estúdio lançado pela banda foi o “Danger Days: The True Lives of the Fabulous Killjoys” de 2010.

Já em 2013, por meio da página oficial, o grupo encerrou suas atividades. Vale destacar que de lá pra cá o vocalista Gerard Way lançou um trabalho solo e anda se aventurando escrevendo HQs. Já o guitarrista Frank Iero tem lançado bons trabalhos solo.

Foto: Divulgação/Internet

Comentários