Corey Taylor gostaria de gravar álbum de jazz

Quando a gente pensa que já tá demais pro Corey Taylor ele vem com uma dessa. O incansável vocalista do Slipknot e do Stone Sour revelou em uma recente entrevista que gostaria de gravar um álbum de jazz. Confiram o que ele disse abaixo.

A entrevista rolou para o Chaotic Radio da RadioVegas.Rocks e Corey revelou, inclusive, que tem uma versão de Bother, faixa do Stone Sour, “muito legal” e que gostaria de gravar um álbum de “jazz sombrio” como suas principais referências.

“Eu realmente estive pensando em fazer algo assim. Montar um quarteto ou quinteto e fazer um álbum de jazz, mas um álbum de jazz sombrio e gravá-lo ao vivo numa sala. Mas eu não venderia essa merda, seria apenas para a minha coleção pessoal”, disse.

“Porque eu amo jazz. Muitas pessoas não percebem isso – eu ouço muito jazz dos anos 40 e 50. Tem as coisas assombrosas que a Billie Holiday fez, as coisas mais antigas que Charlie Parker fez quando ele estava realmente fodido seriam as coisas que eu realmente me aproximaria”, completou.

Eu tenho, na verdade, versões jazzísticas de algumas das minhas próprias músicas que eu adoraria experimentar

Corey Taylor ainda falou sobre versões jazzísticas de suas próprias músicas: “Eu tenho, na verdade, versões jazzísticas de algumas das minhas próprias músicas que eu adoraria experimentar. Provavelmente eu adoraria experimentar algo como Prosthetics do Slipknot, seria muito legal. E então Bother do Stone Sour. Eu tenho uma versão muito legal de Bother”.

Bom, enquanto um álbum de jazz do Corey não sai a gente fica esperando pelo novo trabalho do Slipknot que já está sendo produzido. O grupo inclusive já divulgou uma nova música e se você ainda não conferiu All Out Life dá o play aí embaixo.

Mas antes conta pra gente nos comentários o que acharia de um disco de jazz feito pelo Corey Taylor!

 

Foto: Divulgação/Internet

Comentários