De onde veio o Desabafo do D2

“Deixa, deixa, deixa eu dizer o que penso desta vida… Preciso demais desabafar!”

Acredito que todos conheçam esse verso que ficou bem famoso graças a música Desabafo, gravada por Marcelo D2 em 2008 no disco “A Arte do Barulho”, mas o que poucos sabem é que esse trecho foi sampleado da música Deixa Eu Dizer, gravada originalmente pela cantora Claudya (Cláudia) em 1973. A composição é de Ivan Lins  e Ronaldo Monteiro de Souza.

A música fala do desabafo de uma pessoa que carregou seu sofrimento por muito tempo e que decidiu se libertar.

O único trecho além do refrão diz:

“Suportei meu sofrimento

de face mostrada e riso inteiro

se hoje canto meu lamento

coração cantou primeiro

e você não tem direito

de calar a minha boca

afinal me dói no peito

uma dor que não é pouca

tem dó!”

Um pouco forte não? Porém, muito realista e intenso em sua interpretação.

claudia

Cláudia começou a cantar aos oito anos de idade em um programa de calouro na rádio de Juiz de Fora e iniciou sua carreira profissional nos anos 60, quando participou do programa “O Fino da Bossa”, na TV Record.

Ela ganhou alguns prêmios como o troféu Roquete Pinto, de cantora revelação e no XI Festival da Canção, no México, como melhor intérprete. Também passou alguns meses fazendo temporada no Japão, onde gravou um LP que atingiu a tiragem de 200 mil cópias.

Uma de minhas músicas favoritas interpretada por ela é “Com mais de 30”, uma  composição dos irmãos Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle, que tem uma levada muito gostosa. Quando você escuta pela primeira vez, não consegue mais parar de escutar.

Então, para quem não a conhece, vale a pena ouvir essas duas músicas, que são totalmente diferentes uma da outra, mas não deixam de ser incríveis (pelo menos pra mim, elas são =)

Com mais de 30

Deixa eu dizer

Ariane Arrabal é Produtora, formada em Rádio e TV e acredita fielmente que entende de música brasileira. Divertida, adora participar de boas conversas sobre universo brasiliano.

Confira outros textos da coluna Brasilidades Dissoantes neste link.

Fotos: Divulgação/Internet

Comentários