Entrevista exclusiva: Moxine fala sobre o seu novo EP

moxine samuel cruzÉ amigos, 2018 chegou e em menos de uma semana a gente já emplaca uma ENTREVISTONA aqui pra vocês. E pra ser tudo muito mais legal é de uma banda – uma dupla, na real – que a gente gosta pra caramba: a Moxine.

Quase ali no final do ano passado a Mônica Agena e a Fabi Lugli lançaram o excelente “Passion Pie”, um dos melhores, senão o melhor EP do ano. São quatro músicas que misturam ritmos eletrônicos e indie rock e se você não ouviu ainda cara pálida, dá o play aqui.

Bom, a gente conversou com as meninas pra saber um pouco mais do disco, das gravações e do que vem por aí nesse ano que começa. Dá um confere aí embaixo no papo que tá bem legal!

Rock Noize: Meninas, vocês acabaram de lançar “Passion Pie”, como está sendo a recepção?

Moxine: Desde de quando começamos com o Moxine, a gente rala pra acompanhar e se atualizar em relação ao mercado fonográfico e digital que está em constante mudança. Hoje em dia as listas das plataformas digitais ajudam muito a atrair um público novo, conseguimos emplacar algumas músicas nessas listas e o resultado foi muito positivo. Fora isso a turma que já acompanha a gente têm mostrado bastante empolgação.

Rock Noize: Mônica, este é seu primeiro trabalho como produtora. Conta pra gente como foi o processo, o aprendizado e tudo mais?

Mônica: Eu costumo dizer “quando vi já estava fazendo” de tão natural que foi. Por ter sido muito dirigida por outros produtores e ter acompanhado de perto a produção de alguns álbuns, fui entendo como a coisa era feita. Fora isso, cada vez mais o artista assume diversas funções pra botar o seu trabalho na rua, então a vontade de fazer as coisas foi o principal motivador. Em relação ao aprendizado, a experiência que você adquiri é tudo, até mesmo pra trabalhar com outras pessoas te produzindo, quando você entende bem todos os percalços, você consegue colaborar mais.

Rock Noize: Fabi, você deu pitacos na produção? Rs

Fabi: Sim, o tempo todo. Rolam até algumas discussões e até abrimos votações pra galera que está trabalhando com a gente pra desempatar alguma decisão, rs

Rock Noize: Vocês já tocaram um bocado de estilos, a própria Moxine sempre foi uma mistura bem bacana, mas como é esse flerte com a música eletrônica?

Moxine: É uma experiência nova que vamos introduzir também no formato dos shows da tour Passion Pie. Por sermos um duo, pré produzimos a maior parte do EP com drum machines, algumas dessas batidas da pré foram mantidas, então esse flerte foi inevitável.

Rock Noize: Quais as bandas e artistas que foram referências e inspiraram vocês pra chegar até “Passion Pie”?

Moxine: Não foram artistas específicos, mas na época estávamos ouvindo muito Arcade Fire, The Kills, St. Vincent e revisitamos bastante os clássicos dos anos 80.

Rock Noize: Rolam várias participações no EP, como foram essas escolhas? E quem está (ou vai estar) com vocês nos shows?

Moxine: Paulo Kishimoto que gravou alguns synths é um amigo bem próximo inclusive já fez alguns shows com a gente, o Luccas Villela conhecemos em uma Jam no Bar Secreto, curtimos o play dele e foi bem na época em que estávamos pensando em alguns nomes pra gravar as baterias. Rafael Garga (baterista) e Eric Matern (guitarrista) acompanham a gente nos shows.

Rock Noize: A letra de ‘Fantasiando’ parece contar uma experiência real. É? De quem? As outras três músicas seguem a “mesma pegada”?

Moxine: Na verdade todas as letras foram feitas pras músicas, nenhuma experiência real, apesar de serem situações bem próximas do cotidiano de qualquer um.

Rock Noize: Bom, já que vocês estão com trabalho novo na área e estamos no fim do ano, o que esperar da Moxine em 2018?

Moxine: Pretendemos tocar em todas as cidades existentes do planeta e sentir de perto o feedback das pessoas em relação as nossas músicas. Fora isso, estamos em um ritmo bem legal de produção então não vai demorar muito pra chegar som novo aí.

Rock Noize: Dupla, parabéns pelo trampo lindeza e muito obrigado pela entrevista. Espero encontrar vocês (a Mônica de novo) em algum show por aí!

Moxine: Com certeza vamos nos encontrar! Valeu demais pelo espaço e pela atenção com o nosso som, em 2018 tem mais!

Foto: Samuel Cruz/Divulgação

Comentários