Guitarrista fala novamente das dificuldades de gravar o novo álbum do Deftones

deftones-photo-credit-13thwitnessStephen Carpenter realmente não parece feliz com o novo álbum do Deftones, “Gore”. Há algum tempo ele deu uma entrevista falando sobre as dificuldades de gravar as músicas novas e chegou a dizer que a banda estava seguindo em uma direção e ele em outra.

Bom, nesta semana ele conversou com a Rolling Stone, que tocou no assunto novamente e ele não se fez de rogado e mandou essa: “Como vocês podem ou não ter ouvido falar, eu tive problemas com algumas coisas do novo álbum no começo. Muitas vezes eu olhei para baixo e franzi a testa.”

Carpenter falou especificamente da música Hearts/ Wires: “Essa música me fez sentir como Wild Bill o tempo todo – um assassino psicopata de merda. Eu senti que abracei o meu psicopata interior e arranjei um jeito de chegar até ele.”

Bom, seja lá o que o guitarrista quis dizer com isso, Chino Moreno, vocalista e líder do grupo, disse: “Muitas vezes tentamos vender algo que não é tão bom. Porque isso não é bom? É algo que vai em dois caminhos. É paixão. É o fim da linha. O fato de que isso seja apenas paixão (e não tão bom) não nos impede de ir para frente.”

“Gore” terá 11 faixas inéditas do Deftones, será lançado no próximo dia 8 e é o primeiro trabalho deles desde o ótimo “Koi No Yokan”, lançado em 2013. Aproveite para conferir tudo o que publicamos sobre a banda, incluindo as músicas já divulgadas e o guitarrista Stephen Carpenter falando sobre a direção que eles estão tomando, clicando aqui.

 

Foto: Divulgação/Internet

Comentários