Jonathan Davis fala sobre álbum solo e Korn

Nesta semana Jonathan Davis conversou com a NME e falou sobre seu álbum solo e também sobre o momento atual do Korn, sua banda. Até agora Davis já divulgou duas novas músicas, que chegaram em formato de clipe, What It Is e Everyone, que vocês conferem no final desta matéria.

Essas músicas estão no primeiro trabalho solo de Davis “Black Labyrinth”, que será lançado no dia 25 de maio. Vale dizer que em 2002 ele lançou um projeto solo, onde suas músicas foram gravadas para a trilha sonora do filme Rainha dos Condenados. Em 2014 ele também produziu e gravou para a trilha do filme After The Dark.

“Gravei uma ou duas músicas em janeiro, mas a maioria foi gravada em 2007 e 2008”

“Eu fiz esse disco há 10 anos! Gravei uma ou duas músicas em janeiro, mas a maioria foi gravada em 2007 e 2008… Finalmente posso terminar o que comecei e esse álbum está pronto. É hora de fazer isso e sair em turnê – estou muito animado”, disse o vocalista.

Jonathan ainda falou que sempre quis fazer um disco solo e que foi um prazer ter gravado as músicas para o Rainha dos Condenados e confidenciou que na época em que fez uma turnê solo não tinha um set completo, então tocou músicas que o Korn nunca tocava ao vivo.

“Faço isso pelo puro amor da arte, cara”

E por falar em Korn, se liga no que ele disse: “Não há estresse, nem pressão – é pura arte e música. Não importa quantas pessoas estão nos shows ou quantos discos eu vendo – faço isso pelo puro amor da arte, cara. É por isso que você se torna um músico; é por isso que você entra em uma banda”.

E ele finalizou a entrevista dizendo: “Quando você está em uma banda do calibre de Korn – o que, não me entenda mal, é incrível – isso se torna uma merda de negócio. Não é por isso que eu quero estar em uma banda – lidando com besteiras corporativas! Mas isso é incrível, é bom para a minha alma, cara”.

 

Foto: Divulgação/Internet

Comentários