Lembra do Winamp? Ele vai voltar

Se você tem a minha idade ou mais com certeza é da geração Winamp. Nos anos 90, quando a internet era só mato e não essa belezura-fácil-mamão-com-açúcar que a gente conhece, esse era o “app” que a gente usava pra ouvir música depois de baixar do Limewire (do Napster não, senão o Metallica processa).

Bom, agora a gente vai poder matar a saudade dele, e colocar aquelas opções de visual que era de doer os olhos (mentira, era uma mais legal que a outra). Na verdade, a partir de 2019 o Winamp estará de volta e se Deus quiser, com força total (vale dizer que o ICQ, o tatataravô do Whatsapp voltou sem muita força).

A novidade veio por meio de um comunicado de Alexandre Saboundjian, CEO da Radionomy, empresa que comprou o programa da AOL em 2014, ela havia comprado o Winamp em 1999. E pelo jeito ele vem todo cheio de modificações, se liga no que ele disse:

“Teremos uma nova versão com o legado do Winamp, mas com uma experiência sonora mais completa”

“No ano que vem teremos uma nova versão com o legado do Winamp, mas com uma experiência sonora mais completa. Você vai poder ouvir seus MP3 quando estiver em casa, mas também na nuvem, podcasts, rádios via streaming e as playlists que montar”.

Alexandre ainda comentou: “Eu acho que o Winamp é o player perfeito para todos. Queremos que as pessoas o tenham em qualquer dispositivo”. A data exata de lançamento ainda não foi confirmada, mas o Winamp será relançado tanto para dispositivos mobile quanto para PCs.

 

Foto: Divulgação/Internet

Comentários