Lollapalooza Brasil é processado por organizações estudantis

20621133_1464872003599665_4797070238146050418_nÉ parece que a entrada social do Lollapalooza Brasil 2018 não colou, ao menos com as organizações estudantis. De acordo com o site A Gambiarra a organização do festival está sendo processada por “burlar” a lei de meia-entrada com a iniciativa.

A Entrada Social funciona assim: quem quiser adquirir o ingresso de meia-entrada mesmo não tendo direito por lei, terá que doar R$ 30 – em caso de compra do Lolla Pass para os três dias – ou R$ 20 para cada Lolla Day, que dá direito a um dia de festival, para o Criança Esperança.

Segundo a UNE (União Nacional dos Estudantes) o valor da meia-entrada para a edição 2018 do Lollapalooza Brasil tem o valor equivalente ao preço da entrada inteira do festival em 2017. Vale dizer que os valores não englobam a famosa taxa de conveniência (que de conveniente não tem nada).

O argumento usado pela T4F, produtora do Lollapalooza no Brasil, disse que o aumento de 63% no valor dos ingressos se dá por conta desta edição ter três dias, já a de 2017 teve dois. No terceiro lote de ingressos o valor do Lolla Pass inteira sai por R$ 1.750, a meia-entrada sai por R$ 850 e a social por R$ 880.

Ainda não se sabe qual será o desfecho do processo, mas vocês vão acompanhar tudo aqui no Rock Noize. Fiquem ligados! O Lollapalooza Brasil 2018 acontece nos dias 23, 24 e 25 de março e terá nomes como Pearl Jam, Red Hot Chili Peppers, The Killers, Royal Blood, Lana Del Rey e muito mais.

Aproveite para conferir o line-up completo e tudo mais que publicamos sobre o Lolla BR entrando aqui.

 

 

Foto: Divulgação/Internet

Comentários