Marilyn Manson fala sobre sua relação com Twiggy Ramirez e outras pessoas nos últimos anos

2017_MarilynManson1_Perou_210917-768x488Desde as últimas semanas do ano passado Marilyn Manson tem sido manchete não apenas pelo lançamento do seu novo disco, mas também por conta de Twiggy Ramirez, seu ex-baixista, que foi acusado de estrupo por uma ex-namorada nos anos 90.

Manson disse que não sabia do que havia acontecido e só ficou sabendo quando a ex-namorada do músico veio a público com as alegações. Ele se posicionou e o baixista deixou o grupo. Mas agora Marilyn deu uma entrevista onde falou sobre sua convivência com Ramirez e também com outras pessoas.

Ao que tudo indica a acusação ao baixista foi apenas a “cereja do bolo” para sua demissão, pois Manson disse que a convivência musical entre eles nem sempre foi boa durante os últimos anos. “Eu não me separei de Twiggy como amigo ou irmão, porque ainda me importo muito com ele”, disse.

“Eu posso dizer que minha relação musical com ele não foi boa por muitos anos”

Manson ainda completou dizendo: “Mas eu posso dizer que minha relação musical com ele não foi boa por muitos anos”. Vale dizer que Twiggy Ramirez foi baixista de Manson de 1994 até 2002 e voltou em 2008, deixando a banda novamente no ano passado.

O vocalista também falou a respeito de outras relações em sua vida: “Meu relacionamento com Tyler Bates [guitarrista e produtor] em ‘The Pale Emperor’ fez com que algo se abrisse em minha vida e eu não queria aquela energia negativa de volta”.

“Havia outras pessoas em minha vida que eu pensei que eram meus amigos, mas tive que cortar. Muitas traições me surpreenderam e eu tive que limpar a casa e adotar uma nova atitude. As pessoas confundiam minha gentileza e generosidade com fraqueza”, falou.

“As pessoas confundiam minha gentileza e generosidade com fraqueza”

Ele completou: “Então, eu meio que me adaptei a essas atitudes, foi algo como ‘se você foder comigo haverá consequências’. Tenho problemas com intimidade”.

Atualmente Marilyn Manson trabalha na divulgação do seu novo álbum, “Heaven Upside Down”, que saiu em outubro do ano passado. Informações foram divulgadas de que ele volta ao Brasil neste ano para show(s) solo, mas nada foi confirmado oficialmente.

Sua última passagem por aqui foi na primeira edição do Maximus Festival (com cobertura do Rock Noize) em 2016.

 

 

Foto: Divulgação/Internet

Comentários