Mike Shinoda fala sobre Dave Grohl e a morte de Chester Bennington: “Não sou invencível”

Desde a morte de Chester Bennington em julho passado Mike Shinoda  é o membro do Linkin Park que mais fala a respeito e nesta semana ele conversou com o pessoal da rádio Alt 98.7 sobre como vai sua caminhada sem o amigo de longa data.

Mike disse que não se sente invencível, compara situações e cita até Dave Grohl que passou por algo igual com o suicídio de Kurt Cobain na época de Nirvana. Confira nas linhas abaixo o depoimento do vocalista do Linkin Park.

“Nos últimos meses tenho conversado com muitos amigos que passaram por perdas. Você perde um avô quando é criança e isso é diferente de perder um dos seus amigos da mesma idade ou mais jovem. É diferente, olhar para alguém que foi acometido por isso e vê-lo superar em diferentes momentos”, disse.

“Eu percebo que eu definitivamente não sou invencível”

Ele continuou: “Eu percebo que eu definitivamente não sou invencível, e definitivamente não vou tomar todas as decisões certas. Vou cometer erros ao longo do caminho e tudo bem pra mim. Contanto que eu possa andar e descobrir como seguir esse caminho, sinto que isso trará uma união”.

Sobre a situação vivida pelo líder do Foo Fighters: “Estando do outro lado e vendo alguém indo bem, por exemplo, Dave Grohl depois do Nirvana. Vendo ele voltando e criando o Foo Fighters do nada. Esse é um momento em que você vê que isso pode ser feito, parece heróico”.

Em outra entrevista Mike Shinoda falou a respeito do futuro do Linkin Park e afirmou que “a resposta é que não há resposta”. Veja o que mais ele disse entrando aqui. Lembrando que ele atualmente está trabalhando em um projeto solo e vocês podem conferir as músicas já divulgadas neste link.

 

 

 

Foto: Divulgação/Internet

Comentários