Paramore e ex-baixista Jeremy Davis estão em processo judicial

paramore_622No final de 2015, o Paramore anunciou a saída do baixista Jeremy Davis. De acordo com a nota postada no Facebook da banda na época, a separação teria sido bem amistosa.

Porém, na ultima sexta, 04 , o jornal americano The Tennessean noticiou que a empresa Varoom Whoa- responsável pelos negócios do Paramore, e gerenciada pela vocalista Hayley Williams, entrou com processo contra o ex-baixista em fevereiro deste ano.

O motivo seria para analisar se Davis era empregado ou sócio do grupo, pois, segundo o ex-baixista, como sócio deveria ter direito ao lucro e rendimento financeiro da banda. Já a Varoom Whoa afirma que ele era apenas um músico contratado, não parceiro.

No processo consta que a vocalista é a unica que assinou contrato com a gravadora e, inclusive, remunera os membros como músicos contratados. Há o seguinte trecho: “Como ela queria manter o espírito de companheirismo, incluía uma parte de seus ganhos nos salários dos membros da banda.”

Parece que a situação não será resolvida tão cedo. Vamos aguardar e esperar que sim. Atualmente, mesmo contando apenas Hayley Williams (vocal) e Taylor York (guitarra), o Paramore já estaria compondo músicas para o próximo álbum. Contamos aqui!

 

 

Foto: Divulgação/Internet

Comentários