Punho de Ferro é cancelada e atesta queda das séries da Marvel com o Netflix

Depois da primeira temporada de Punho de Ferro muito se falava que a série poderia não voltar. Junção com os Defensores depois e a volta de Danny Rand (Finn Jones)para a segunda temporada, a verdade é que era mesmo questão de tempo – e pouco tempo -, até que ela fosse cancelada.

Bom, o fatídico momento enfim chegou. Nesta semana a Marvel e o Netflix publicaram uma mensagem dizendo que a série chegou mesmo ao fim após sua segunda temporada, que foi lançada no serviço em setembro. Isso era algo já esperado, afinal normalmente o próprio Netflix se encarrega de confirmar as novas temporadas tão logo passem algumas semanas das atuais.

Fato é que mesmo na primeira temporada Punho de Ferro não apresentou grande apelo e muito menos afeição com o público. Uma trama questionável, personagens sem um tanto de profundidade e muitos, mas muitos episódios que arrastaram a série.

A segunda temporada chegou e foi de mal a pior. Durante mais da metade dos 10 episódios foram diálogos pouco aprofundados, histórias paralelas novamente arrastando a série e uma cansativa relação Danny x Davos que só engrenou no oitavo episódio, quando realmente conseguimos ver o que queríamos: quebra-pau e fim.

Vivemos em tempos onde os trailers mostram o melhor do que vem por aí, mas se o melhor vem em apenas pouco mais de dois minutos é impossível que uma empreitada de 10 episódios seja minimamente boa. Confesso que até me animei, mas foi exatamente o que aconteceu com Punho de Ferro.

A verdade é que a mística das séries da Marvel em parceria com o Netflix se perdeu e a mesma premissa de Punho serve para seus companheiros Jessica Jones e Luke Cage. Ambas segundas temporadas também seguiram a mesma linha: a narrativa cansativa entre o protagonista e o antagonista, apelando para personagens paralelos e suas histórias e um maior envolvimento na trama central para causar alguma empatia.

“Mesmo com o final da série, o Imortal Punho de Ferro continuará vivo”

“Todos da Marvel Television e do Netflix estão muito orgulhosos e agradecidos pelo trabalho duro que foi feito pelo incrível elenco, equipe e showrunners. Também agradecemos aos fãs por terem assistido essas duas temporadas e pela parceria. Mesmo com o final da série, o Imortal Punho de Ferro continuará vivo”, disseram.

Se ele continuará vivo, pode ser em uma nova temporada de Os Defensores – o quê, sinceramente, acho difícil -, ou então terá seguimento com (SPOILER!) o punho nas mãos de Colleen Wing (Jessica Henwick). Duvido que isso aconteça.

Jessica Jones é a única que está certa de ter sua terceira temporada, inclusive Kristen Ritter fará sua estreia como diretora. Mas não se animem muito, a verdade é que, mesmo com o apelo de uma figura central feminina forte, provavelmente esta será sua derradeira temporada.

Luke Cage é o mais incerto. Ainda não se sabe o que vai acontecer e até agora tanto a Marvel quanto o Netflix não confirmaram uma terceira temporada. Vale dizer que a segunda temporada estreou em junho e o cancelamento de Punho de Ferro coloca em cheque uma vindoura de Luke.

Quem está sorrindo à toa é o Demônio de Hell’s Kitchen. De fato uma história mais interessante, um protagonista idem e um trunfo: vilões infinitamente melhores dos que os de seus companheiros, o Rei do Crime de Vincent D’onofrio e o Justiceiro do excelente Jon Bernthal.

O primeiro deles volta na terceira temporada (que terá a entrada de um outro vilão) e o segundo ganhou sua própria série. Me arrisco a dizer, com todo carinho que tenho pelo Demolidor de Charlie Cox, que Justiceiro é a melhor série da Marvel com o Netflix. Nem bem acabou a primeira temporada de Frank Castle e ele já teve uma segunda confirmada.

Punho de Ferro cancelada e Luke Cage na berlinda, ainda que Jessica Jones, Demolidor e Justiceiro voltem, o fato é que as séries da Marvel com o Netflix como um todo estão em queda. Bom, o serviço de streaming da Disney vem aí, quem sabe os nossos heróis não ganhem uma sobrevida.

A terceira temporada do Demolidor estreia na próxima sexta-feira, 19. Fiquem ligados, o fim pode estar mais próximos do que imaginamos.

 

 

Foto: Divulgação/Internet

Comentários