Revelados detalhes da cena cortada de IT – A Coisa

IT-Cover-2_124852732_222423831Desde que IT – A Coisa estreou muito se falou sobre o passado de Pennywise. Qual seria sua origem? Qual foi a sua história? Bom, pra responder um pouco dessas perguntas, nesta semana foi divulgado o descritivo de uma cena cortada do filme.

Em setembro, Bill Skarsgård, intérprete do palhaço, falou a respeito da cena e a descreveu como “realmente perturbadora”. “A cena era realmente perturbadora. Eu não era o palhaço. Me parecia mais comigo mesmo”, disse ele.

Agora o descritivo da cena foi retirado do script e divulgado. Ela se passa em 1637 e tem como personagem central Abigail, que começa a ser perturbada por Pennywise. Confira abaixo.

“Ano de 1637. Interior da casa do poço (à noite). Abigail entra na casa e fecha a porta com força como se tentasse manter uma entidade maligna para fora. Ela aperta o bebê contra seu peito. Se ajoelha em frente às brasas que somem da lareira. Ela assopra, mas o fogo não queima. Seu bebê se agita.

Ela diz: Quieto… E percebe o candelabro flutuando sobre sua cabeça como se uma força sobrenatural o estivesse comandando como se fossem pequenos holofotes. Ela ouve algo rastejando nas sombras perto do poço, mudando sua forma e vemos uma silhueta escura.

Demônio, nos deixe em paz por favor… Um feixe de luz passa pela sala mostrando Pennywise completamente nu, pálido, quase transparente parecido com a forma humana. Ele abre sua boca mostrando os dentes afiados e babando.

Enquanto o candelabro rotaciona em sentido horário Pennywise se desvia da luz quando ela ilumina seu rosto que é diferente. Um homem, uma mulher, um monstro, uma besta… Com uma voz gutural ele diz: ‘Mulher, você está enganada. Não sou um mero demônio. Sou o Devorador dos Mundos’.

Ela responde: ‘Não a minha criança, ela é inocente…’. ‘Assim você diz’, ele responde. O bebê começa a chorar enquanto Pennywise sorri. ‘Me leve, eu imploro’. ‘Eu vou e depois ele e seu marido e o resto dos seus filhos. Todos os selvagens que me trouxeram para cá’.

‘Enquanto vocês apodrecem na terra eu mordo seus ossos até não haver mais carne e então vou consumir suas almas até não existir mais nada além de ervas daninhas… Levarei seu filho e você viverá e os seus filhos que eu não tiver interesse’.

Abigail, tremendo, olha para seu filho e a porta se abre. Um menino diz ‘Mãe?’. Ela pede que ele saia. O menino corre. Ela se afasta do bebê e Pennywise rasteja para cima dele, o devorando. O bebê dá um grito enquanto escutamos o som da mastigação.

A expressão de Abigail muda: medo, negação, luto e aceitação. Ela muda para uma expressão de ‘nada’ e expressa somente um olhar vidrado como se nada tivesse acontecido”.

Ufa! E aí, o que acharam?

IT – A Coisa acabou por se tornar o filme de terror mais lucrativo da história. Até o final de setembro só nos Estados Unidos o longa arrecadou US$ 272 milhões e no resto do planeta foram US$ 226 milhões. O filme também se tornou a quinta maior bilheteria do ano só perdendo para A Bela e a Fera, Mulher-Maravilha, Guardiões da Galáxia Vol. 2 e Homem-Aranha: De Volta Ao Lar.

O longa é baseado na obra de Stephen King que conta a história do palhaço Pennywise que aterroriza crianças em uma cidade norte-americana. O longa teve uma versão televisiva no início dos anos 90 e ganhou essa refilmagem com a direção de Andy Muschietti.

Uma sequência já está confirmada e ganhou data de estreia recentemente, será no dia no dia 6 de setembro de 2019. Ela se passará 27 anos após os acontecimentos do primeiro filme. Confira tudo que publicamos sobre It – A Coisa, incluindo a nossa crítica, entrando aqui.

Foto: Divulgação/Internet

Comentários