Sexta Monstro: conheça a técnica e o peso da Sheena Ye

Sheena Ye Capa QuadradaChegamos a mais um fim de semana e com ele mais uma Sexta Monstro – atrasada, mas ok -, fruto de uma parceria entre este site e o selo Monstro Discos. Como a gente sempre fala aqui o intuito é trazer bandas novas para o grande público e provar que sim, o Brasil tem muito rock and roll dos bons por aí.

Hoje trazemos uma das bandas preferidas aqui da casa, uma grande descoberta de 2017 do rock nacional, os caras da Sheena Ye. Em seu disco mais recente o grupo traz uma mistura que vai do metal ao punk rock, tudo em bom português.

“Seu Tempo Acabou” saiu este ano pela Monstro Discos e já na primeira música, Sua Expectativa, já mostra a que veio. Riffs e timbres característicos do metal mais clássico marcam a faixa. A música que dá nome ao álbum continua com a mesma pegada.

Tive a oportunidade de conferir o som dos caras ao vivo no Goiânia Noise Festival 2017 e eles justificam tudo que está no álbum. As músicas elaboradas, desde a cozinha com baixo e bateria, podem enganar quando se pensa numa formação com quatro ou cinco pessoas.

Mais característicos do punk, o power trio faz o que a gente chama de som “gordo”, cobrindo todas as lacunas das músicas e preenchendo bem os espaços. A Sheena Ye é formada por Mário Nacife (baixo e voz), Douglas Dieck (guitarra) e Vinicius Bernardes (bateria).

Como quase todo disco de rock que se prese, “Seu Tempo Acabou” conta com uma baladinha. Velho Defeito é meio que autobiográfica pra todo mundo. Vale ouvir e prestar atenção na letra cantada por Mário Nacife.

Com um EP, um disco de estúdio e mais uma gravação ao vivo no Estúdio Showlivre, a Sheena Ye justifica a alcunha de ter sacudido a cena goiana e já ter se apresentado em palcos pelo Brasil. O que falta pra esse trio decolar de vez é um problema crônico aqui na terrinha.

Faltam os “curadores” (assim entre aspas mesmo) se ligarem mais e pararem de ficar no lugar comum e no comodismo de repetir sempre as mesmas atrações nos grandes festivais. Vamos parar com o papo de “apoiamos o rock nacional” e ficar de olho em muito mais do que tem por aí.

A Sheena Ye é uma daquelas bandas que a gente quer ver voando por aí. Qualidade tem, a prova está aí embaixo, é só dar o play.

 

 

 

Foto: Divulgação/Internet

Comentários