S&S, Tomo VI

Começamos este Tomo VI com o Young & Sick.

Projeto fundado em Los Angeles e Nova York que envolve música e arte, criado em 2011 pelo holandês Nick van Hofwegen, que além de musico, fashionista, é artista criando capas de disco inclusive do Foster and The People (Supermodel), Maroon 5, entre outros.

Foi o Young & Sick que criou aquele mural de pintura em um prédio que aparece no clipe Coming of Age do Foster and The People.

A versatilidade de Nick não fica somente na suas áreas de atuação, mas também na sua voz que, em alguns momentos na música Magnolia, aparenta ser feminina, além da música ser muito boa!

Pentatones é composto pela bela vocalista Delhia de France,  Le Schnigg no sampler, o baixista Hannes Waldschütz (que opera o sintetizador) e o tecladista Albrecht Ziepert (que também trabalha no sintetizador). A banda é alemã de Berlim e segue uma linha eletrônica. Um eletrônico dark como definido pela banda que também é confirmado pela letra de The Devil’s Hand. Música excelente! Versos e refrão (principalmente) marcantes!

Rufus é uma banda australiana de Sydney de indie eletrônico, formada em 2010. Composta pelo vocalista e guitarrista Tyrone Lindqvist, pelo tecladista Jon George e pelo baterista James Hunt. We Left é uma música gostosa. Excelente para músicas ambientes, seja para receber visitas em casa ou para viajar.

Outra banda também da Austrália, mas de rock alternativo, o Birds of Tokyo, formada em 2004 pelo vocalista Ian Kenny, pelo guitarrista e segundo vocalista Adam Spark, pelo baterista Adam Weston, pelo tecladista ( e quem opera os sintetizadores) Glenn Sarangapany, e pelo baixista Ian Berney. Anchor é uma música bem agradável! Melancólica e agradável com um refrão muito bom! Fica na cabeça!

 

Comentários