Steven Spielberg não descarta a possibilidade de uma mulher como protagonista de Indiana Jones

Em entrevista ao The Sun o diretor Steven Spielberg comentou sobre a possibilidade de que o personagem Indiana Jones possa futuramente ser interpretado por uma mulher. O próximo longa começa a ser filmado em abril do ano que vem.

Esse é o quinto filme da franquia, poderá ser lançado em 2020 e segundo o próprio Spielberg será o fim da carreira de Harrison Ford como o famoso professor de Arqueologia e aventureiro (Han Solo também né querido cof cof).

“Nós teríamos que mudar o nome de ‘Jones’ para ‘Joan’, mas não há nada de errado com isso”

Nós teríamos que mudar o nome de ‘Jones’ para ‘Joan’, mas não há nada de errado com isso. Este será o último Indiana Jones de Ford, mas tenho certeza que a franquia continuará depois disso.”

E lembrando que Steven Spielberg não é o único que quer fazer mudanças nas sequências. Em janeiro deste ano a produtora Barbara Broccoli responsável pela franquia do agente mais famoso do cinema James Bond, disse em uma entrevista que poderemos ver num futuro próximo um agente negro ou mulher:

A franquia tende a refletir o momento em que os filmes são produzidos, então estamos sempre tentando inovar. No momento temos o Daniel Craig e estou muito satisfeita com ele, mas quem sabe o que o futuro nos reserva?”.

Algumas especulações já rolaram, como a atriz Gillian Anderson (Arquivo X) ter publicado em 2016 uma montagem em seu Twitter oficial no qual pousa como uma agente Bond e também o ator Idris Elba (A Torre Negra) já foi alvo de boatos, mas que em uma entrevista em setembro do ano passado chegou a dizer que ninguém o queria como James Bond.

Voltando a falar de Indiana Jones, o próximo, além da dobradinha Spielberg/Ford, ele também terá a produção de George Lucas. O último filme foi o fraquíssimo O Reino da Caveira de Cristal, lançado em 2008.

 

 

Foto: Divulgação/Internet

Comentários