Suicidal Tendencies: confira o que de melhor rolou na entrevista coletiva

sa-1-1050x591Na última terça-feira, 25, rolou a entrevista coletiva do Suicidal Tendencies junto com a festa de 2 anos do projeto Honorsounds, que já trouxe inúmeras bandas ao Brasil, entre elas Papa Roach e Iggor e Max Cavalera tocando “Roots”, ambas com cobertura do Rock Noize.

Bom, nós formos lá conferir o que o Suicidal Tendencies tinha para falar e falou muito! Sobre o novo disco, a entrada de Dave Lombardo (ex-Slayer) na banda, política e muito mais! Lembrando que o Suicidal Tendencies se apresenta no Brasil neste fim de semana.

A banda dá início à sua turnê no Rio de Janeiro nesta quinta, 27 de abril, no Imperator. Em seguida vai para Recife tocar no Abril Pro Rock no dia seguinte, 28. E para finalizar eles fazem um show no Tropical Butantã em São Paulo no sábado, 29.

Todas as informações sobre os shows vocês podem conferir aqui e abaixo veja o que de melhor rolou na coletiva deles!

Donald Trump e Política

Assunto en voga no momento. Inevitável que Mike não tivesse que responder sobre política e Donald Trump e ele disse que não gosta do tema, que o acha feio e que as pessoas sempre à procuram como uma forma de se salvarem, mas que isso destrói o coração. O vocalista também falou sobre o ódio quando tocou no assunto Donald Trump. Ele pareceu muito em paz e deu uma lição: “Não se tornem quem vocês odeiam. Sejam bons”.

“Não se tornem quem vocês odeiam”

A entrada de Dave Lombardo

Outra questão que não poderia faltar era sobre a entrada de Dave Lombardo e neste caso, o próprio baterista respondeu dizendo que está muito feliz de tocar com o Suicidal Tendencies e que um fator fundamental foi a honestidade. Lombardo disse que passou por muitas bandas, mas que sempre as escolheu pela honestidade e sente isso no Suicidal.

Dave ainda expressou sua admiração pelo grupo dizendo que eles sempre estiveram conectados, que ele sempre foi muito fã, e até citou um exemplo de certa vez quando estava dirigindo uma van e ouvindo Suicidal Tendencies.

Sobre Rob Trujillo

Mike também respondeu sobre Rob Trujillo. O atual baixista do Metallica já tocou no Suicidal Tendencies e Mike disse que fala com Rob e que o parabenizou pela turnê que seu filho, Tye, fez recentemente com o Korn (que passou pelo Brasil e teve cobertura do Rock Noize). Está tudo bem, a relação dos dois é saudável. Ele ainda brincou que Trujillo sempre teve mais paciência com crianças correndo e brincando que ele.

Música em tempos digitais

Dave Lombardo respondeu sobre como conhece novas bandas e consome música em tempos de aplicativos e serviços de streaming. De acordo com o baterista, ele não procura coisas novas, conhece aquilo que recebe de indicações de amigos e vai lá numa loja, por exemplo, ouve os discos e se gosta compra.

Artistas que são atores

Mike foi muito verdadeiro ao falar de novos artistas e bandas. Segundo ele atualmente existem muitos atores no mundo da música, já que eles não passam veracidade em suas composições, atitudes e também no palco. Mike disse que um dos fatores para gravar um disco do Suicidal é a honestidade. O vocalista falou que se eles fizerem algo que não passe totalmente esse sentimento eles não lançam.

Foto: Divulgação/Internet

Comentários